Erupção de vulcão deixa Chile e Argentina em alerta

Estações de monitoramento detectaram aumento da atividade sísmica, o que colocou em alerta os vizinhos do vulcão Copahue, na fronteira entre os dois países

AFP | - Atualizada às

AFP

O governo do Chile decretou neste sábado alerta laranja pela erupção do vulcão Copahue, localizado no sul, na zona fronteiriça com a província argentina de Neuquén, cuja atividade está sendo supervisionada pelas autoridades, informou o ministro de Mineração, Hernán de Solminihac.

Leia também:  Erupção de vulcão lança lava e causa explosões no Equador; assista

AFP
Coluna de fumaça negra chegou a atingir altura de 1,5 km

O vulcão começou a liberar gases e cinzas na manhã deste sábado, criando uma coluna de fumaça negra, com uma altura de 1,5 km dirigida para o sudeste, informou em um comunicado o Serviço Nacional de Geologia e Minas (Sernageomin).

As estações de monitoramento detectaram também um aumento da atividade sísmica, o que colocou em alerta os vizinhos da comunidade de Biobío.

O ministro Solminihac explicou ao canal 24 Horas que a atividade vulcânica é bem menor agora, mas que resolveram decretar o alerta laranja para acompanhar a evolução do vulcão.

A província argentina de Neuquén decretou alerta amarelo neste sábado para as cidades andinas vizinhas ao vulcão, informou o prefeito de Caviahue, Oscar Mancegosa.

"A situação está totalmente controlada, não há evacuações no momento, embora todos os mecanismos preventivos estejam ativados" se forem necessários, disse ao canal de TV C5N.

A última vez que o vulcão entrou em erupção foi no ano 2000 em uma atividade que se prolongou entre julho e outubro desse ano.

AFP
Vulcão Copahue é visto da cidade de Caviahue, na Argentina, neste sábado


    Leia tudo sobre: vulcãoargentinachile

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG