População da cidade onde atirador matou 27 pessoas se reúne em templos neste domingo para chorar pelas vítimas

Uma igreja católica, onde centenas de fieis se reuniam em Newtown – a cidade do estado americano de Connecticut onde um jovem armado matou 27 pessoas na sexta-feira, incluindo 20 crianças – foi evacuada neste domingo pela polícia após ameaça de bomba registrada por autoridades. A igreja Saint Rose of Lima fica a cerca de 1,6 quilômetro da escola que foi palco do massacre na sexta-feira.

Homens da força de elite da polícia entraram na igreja e no prédio adjacente e, posteriormente, criaram um cordão de isolamento.

Leia também:
Vítimas de ataque à escola foram mortas por vários tiros de fuzil, diz legista
- Pai de atirador de Connecticut diz estar chocado e com o coração partido
Moradores de Newtown se refugiam na religião para se consolar de massacre
- 'Pensei que íamos morrer', diz professora que salvou alunos
Adam Lanza era tímido e inteligente, segundo ex-colegas

Força de elite isola área de igreja em Newtown dois dias após massacre em escola
AP
Força de elite isola área de igreja em Newtown dois dias após massacre em escola

A Igreja de Saint Rose of Lima era um dos muitos templos de Newtown repletos neste domingo, onde a comunidade chora pelas pessoas mortas. Mais tarde, o presidente americano, Barack Obama, visitará a cidade e discursará para as famílias das vítimas durante um culto previsto para esta tarde (horário local).

Segundo as informações até agora divulgadas sobre as investigações, Adam Lanza matou a mãe em casa e depois se dirigiu à escola de ensino fundamental Sandy Hook , onde cometeu o massacre. As 20 crianças baleadas tinham 6 e 7 anos e foram atingidas por vários tiros , assim como as 6 mulheres adultas funcionárias da escola, que também foram mortas. Após a matança, o jovem se suicidou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.