Susan Rice desiste de concorrer à sucessão de Hillary nos EUA

Embaixadora dos EUA na ONU era cotada para ocupar chefia do Departamento de Estado no próximo ano, mas desistiu após controvérsia relacionada a ataque na Líbia

Reuters |

Reuters

AP
Embaixadora dos EUA na ONU, Susan Rice, deixa reunião no Capitólio, em Washington (28/11)

A embaixadora Susan Rice desistiu de concorrer à chefia do Departamento de Estado dos EUA nesta quinta-feira diante do que prometia ser uma difícil batalha de aprovação no Senado de seu nome no cargo.

Saiba mais: Embaixadora dos EUA na ONU mantém esforços no Senado para suceder a Hillary

Futuro: Hillary diminui chances de disputar a Casa Branca em 2016

Rice, embaixadora americana na Organização das Nações Unidas (ONU) e amiga próxima do presidente do país, Barack Obama, disse que estava se retirando do processo para evitar uma batalha de confirmação longa, custosa e perturbadora. "Esse dilema simplesmente não vale a pena para o nosso país", escreveu em carta a Obama.

Rice tem enfrentando questionamentos sobre seus comentários feitos dias depois do ataque de 11 de setembro deste ano contra uma missão americana em Benghazi , na Líbia.

Naquela ocasião, o governo Obama disse que o ataque era resultado de uma manifestação espontânea contra um filme feito nos Estados Unidos que insultava o profeta Maomé.

Obama emitiu um comunicado dizendo que havia aceitado a decisão de Rice e era grato pela permanência dela como embaixadora do país na ONU. A atual secretária de Estado, Hillary Clinton , planeja renunciar ao cargo em janeiro.

    Leia tudo sobre: euasusan ricehillarydepartamento de estado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG