Chávez sofreu complicações durante cirurgia, diz ministro

Segundo Ernesto Villegas, presidente venezuelano teve um sangramento durante o procedimento realizado há dois dias, mas está se recuperando

iG São Paulo |

O governo da Venezuela afirmou nesta quinta-feira (14) que o presidente Hugo Chávez sofreu complicações durante a operação para combater o câncer , realizada na terça-feira (11) em Cuba, mas está se recuperando.

Ministro:  Recuperação pode impedir Chávez de comparecer à posse

AP
Mulher coloca flores em frente à imagem do presidente Hugo Chávez antes de missa em sua homenagem na Nicarágua

Maduro: Chávez enfrenta pós-operatório 'complexo e difícil', diz vice

O ministro das Comunicações Ernesto Villegas disse, em cadeia nacional pelo rádio e pela televisão, que Chávez sofreu um "sangramento" durante a cirurgia, que durou seis horas, e precisou ser submetido a "medidas corretivas". 

O titular da pasta afirmou que os médicos conseguiram controlar o sangramento "de maneira oportuna". "Atualmente, o paciente está em recuperação progressiva e favorável dos valores normais de seus sinais vitais", disse Villegas, acrescentando que o pós-operatório requer "tempo pela complexidade" da cirurgia que foi submetido.

Operação contra câncer: Cirurgia de Chávez foi um sucesso, anuncia vice

Ontem, Villegas afirmou que o presidente está "em condições estáveis", mas, em comunicado, levantou a possibilidade de Chávez, reeleito em outubro , não comparecer em sua cerimônia de posse, marcada para 10 de janeiro.

Os líderes venezuelanos têm agido para preparar o povo para a possibilidade de más notícias. Na terça-feira, o vice-presidente Nicolás Maduro, com aparência melancólica, reconheceu que Chávez enfrenta um "duro e complexo" processo pós-operatório .

Chávez surpreendeu o mundo no sábado (8) ao anunciar a volta do câncer e ao indicar Maduro, que também é chanceler, como seu potencial sucessor.  Maduro, de 50 anos, um ex-motorista de ônibus e ativista sindical, não tem o carisma de seu chefe e seu talento político, mas representaria a continuidade das políticas caso ele tenha de assumir.

O presidente venezuelano voltou na segunda-feira a Cuba para uma quarta operação desde meados de 2011 , depois da descoberta de uma terceira recorrência de câncer .

Jun./ 2011: Na TV, Chávez afirma que passou por cirurgia para retirar tumor

Fev./ 2012: Chávez diz que fará cirurgia após encontrar nova 'lesão'

Dez./ 2012: Chávez anuncia nova cirurgia contra câncer e vice como potencial sucessor

As autoridades têm buscado transparecer unidade em meio às preocupações com o estado de saúde de Chávez e com o futuro da Venezuela. Líderes importantes do partido do presidente e autoridades militares apareceram juntos enquanto Maduro atualizava as informações sobre o quadro clínico do presidente.

Com AP e Reuters

    Leia tudo sobre: chávezvillegascâncer de chávezcubaoperaçãovenezuela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG