Ator saiu em defesa de Jacob Ostreicher, preso há mais de um ano sem julgamento, sob acusação de lavar dinheiro do narcotráfico

AFP

O ator americano Sean Penn está na Bolívia para assistir à audiência do pedido de liberdade de seu conterrâneo Jacob Ostreicher, preso há 18 meses sem julgamento e sem sentença, sob acusação de ter lavado dinheiro do narcotráfico.

Em outubro:  Presidente da Bolívia nomeia Sean Penn 'embaixador da coca'

Leia também: Ator e diretor americano Sean Penn vai a comício de Chávez

Ator Sean Penn conversa com presidente boliviano, Evo Morales, no palácio do governo em La Paz
AP
Ator Sean Penn conversa com presidente boliviano, Evo Morales, no palácio do governo em La Paz

Leia também: Dilma encontra ator americano Sean Penn no Haiti

Argentina:  Sean Penn se reúne com Cristina Kirchner

Penn saiu em defesa de Ostreicher em novembro, quando o visitou na prisão, e pediu que o governo revisasse o caso. O ator é amigo pessoal do presidente boliviano, Evo Morales.

Ostreicher denunciou que uma de suas funcionárias, a colombiana Claudia Liliana Rodríguez, roubou sua empresa e conduziu a compra de terrenos para cultivo de arroz, terrenos que acabaram nas mãos do traficante brasileiro Maximiliano Dorado.

Além de Sean Penn, o Departamento de Estado e o chefe da subcomissão de Direitos Humanos da Câmara de Representantes americana, Chris Smith, apelaram por Ostreicher.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.