Túnel desaba deixando cinco mortos e sete desaparecidos no Japão

O número de atingidos pode aumentar já que policiais disseram ter visto "vários corpos carbonizados"; estrutura de 4,7 km apresenta riscos de novos desabamentos

iG São Paulo | - Atualizada às

AP Photo/Kyodo News
Policial e bombeiros realizam trabalhos de resgate no túnel Sasago, neste domingo, no Japão

Um túnel localizado na cidade de Yamanashi, a 80 km ao oeste de Tóquio, desabou deixando um número ainda incerto de mortos e ao menos sete desaparecidos, segundo informações da polícia publicadas pela imprensa local. A estrutura desabou por volta das 8h no horário local (21 horas de sábado, no horário de Brasília), quando cerca de 50 metros do túnel Sasago vieram abaixo. 

Leia também:  Polícia japonesa encontra barco com corpos em decomposição

O túnel tem 4,7 km de extensão e liga a capital ao oeste do país pela rodovia Chou. As causas do acidente não foram definidas. Operações para socorrer vítimas chegaram a ser interrompidas devido aos riscos de um novo desabamento da obra fragilizada, anunciou a agência Jiji.

AP
Câmera de monitoramento da Central Nippon Expressway capturaram momento de resgate às vítimas


De acordo com um porta-voz da polícia da prefeitura de Yamanashi, membros da equipe policial viram vários corpos carbonizados em um automóvel dentro do túnel, chamado Sasago. "Não sabemos ainda o número de mortos", disse.

Números 

Segundo a mídia japonesa, cinco foram encontrados mortos, mas a informação ainda não foi confirmada pelas autoridades. As vítimas seriam pessoas que ficaram presas dentro de um carro em chamas. Os bombeiros informaram que o incêndio foi extinto cerca de três horas após o acidente.

O número de atingidos pode aumentar a qualquer momento já que há a informação que outros veículos estão embaixo dos escombros. A agência Kiodo afirmou, citando fontes do governo, que sete pessoas estavam desaparecidas após a queda de 150 placas da cúpula do túnel de Sasago. 

Ao menos duas mulheres ficaram feridas e foram hospitalizadas, disse o chefe dos bombeiros da prefeitura de Yamanashi. "Estavam conscientes. Uma delas, de 28 anos, teve feridas na cabeça, rosto e mãos. A outra, de 37 anos, sofreu algumas contusões". De acordo com o oficial, um caminhoneiro pediu ajuda a um colega do interior do túnel e uma ambulância se dirigiu ao local.

*com AFP, AP e Reuters

    Leia tudo sobre: japãotúnelacidentedesmoronamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG