Obama recebe Romney na Casa Branca para almoço privado

Encontro foi o primeiro de presidente dos EUA com ex-candidato republicano desde que conquistou reeleição em 6 de novembro

iG São Paulo | - Atualizada às

O presidente dos EUA, Barack Obama, e seu ex-rival republicano Mitt Romney se encontraram nesta quinta-feira para um almoço privado de pouco mais de uma hora, na primeira reunião desde a eleição de 6 de novembro , cumprindo uma promessa que o líder americano fez em seu discurso da vitória . É provável que as questões econômicas tenham sido debatidas. 

Saiba mais: Obama teve forte apoio de minorias e mulheres para conquistar reeleição

Pete Souza/ Casa Branca
Presidente dos EUA, Barack Obama, e o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney conversam no Salão Oval da Casa Branca depois de almoço

Vídeo: Assista a trecho do discurso de Obama após vitória

O porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, disse que Obama não tinha nenhuma agenda específica para o encontro, mas afirmou que o líder americano queria discutir as ideias do ex-governador de Massachusetts para tornar o governo mais eficiente. Obama propôs fundir algumas funções do governo relacionadas a negócios e pediu ao Congresso para lhe conceder a autoridade de realizar alguma reorganização do Poder Executivo.

A reunião ocorreu em meio aos esforços de Obama para trabalhar com os líderes do Congresso uma forma de evitar um " abismo fiscal " que levaria a economia dos EUA de volta à recessão.

A conversa de Obama com Romney esteve espremida entre uma série de eventos nesta semana em que o presidente defendeu o aumento de impostos aos americanos ricos concomitante à ampliação do corte de impostos para a classe média - abordagem que seu ex-rival republicano se opôs duramente ao longo da campanha.

Os democratas do partido de Obama e seus rivais republicanos permanecem em um impasse por causa de um drástico aumento tributário no fim do ano e da redução nos gastos - em um fenômeno chamado de abismo fiscal -, que ocorrerá a menos que seja selado um acordo.

Tentando cumprir sua promessa pós-eleitoral de superar as divisões políticas, Obama disse em uma coletiva no dia 14 que queria "sentar e conversar" com Romney para ouvir suas ideias e ver se poderiam trabalhar juntos. Obama disse que podia vislumbrar um futuro papel no serviço público para Romney, mas não tinha nenhuma "missão" específica para ele.

*Com AP e Reuters

    Leia tudo sobre: romneyobamaeuaeleição nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG