Fortes chuvas deixam três mortos, destroem 960 residências e causam transtornos nos transportes, bloqueando estradas e interrompendo tráfego ferroviário

Centenas de pessoas tiveram que ser retiradas de suas casas no País de Gales nesta terça-feira após inundações que atingem várias regiões do Reino Unido e que devem continuar pelas próximas 48 horas, segundo a agência britânica para o Meio Ambiente.

Leia também: Chuvas provocam inundações e deslizamentos na Itália

Equipes de resgate são vistos em local inundado de St. Asaph, no País de Gales
AP
Equipes de resgate são vistos em local inundado de St. Asaph, no País de Gales

As inundações deixaram três mortos e destruíram 960 residências. As enchentes também causaram transtornos nos transportes, bloqueando estradas e interrompendo o tráfego ferroviário.

Embora os meteorologistas tenham previsto uma redução das chuvas, a Agência para o Meio Ambiente advertiu que as inundações continuarão a ameaçar o nordeste da Inglaterra, o norte do País de Gales e uma região do centro da Inglaterra.

"As medidas contra inundações estabelecidas pela Agência para o Meio Ambiente protegeram cerca de 55 mil residências e nossas equipes continuam a trabalhar 24 horas com os serviços de emergência locais para garantir a segurança dos moradores", declarou John Curtin, membro da agência.

Com AFP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.