Negociações de paz entre governo colombiano e Farc são adiadas

Previstas para esta quinta-feira, as reuniões que vão discutir o futuro do grupo guerrilheiro foram remarcadas para segunda-feira, dia 19, em Havana

iG São Paulo |

A esperada rodada de reuniões entre o governo da Colômbia e membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), prevista para esta quinta-feira, foi adiada para o dia 19 de novembro. As negociações para o acordo de paz serão realizadas em Havana, Cuba, após a conclusão da primeira fase em Oslo , na Noruega, no final de outubro. 

AP
Líderes das Farc durante negociação em Oslo, na Noruega (arquivo)

Em comunicado conjunto, membros dos dois grupos confirmaram a decisão. "Acertamos continuar com a reunião técnica para analisar os detalhes dos mecanismos para a participação cidadã entre 15 de novembro e até 18 do mesmo mês. Na segunda-feira, 19, em Havana, os delegados começarão a discussão sobre a agenda acertada", afirmou o comunicado publicado no site da presidência colombiana.

Leia mais: Diferenças entre Colômbia e Farc sobre acordo de paz

Um dos fatores que pode ter adiado as reuniões é a participação da sociedade civil colombiana na mesa de negociações. Até o momento, uma comissão técnica do governo de Juan Manuel Santos e membros das Farc descartaram essa possibilidade.

Veja também: Conflito com Farc consome 3% do PIB da Colômbia, dizem especialistas

Para chegar a um acordo de paz satisfatório, a mesa de diálogo abordará uma agenda de cinco pontos: tema agrário, participação política, drogas ilícitas, abandono das armas e indenização de  vítimas. O processo de paz foi lançado formalmente em 18 de outubro em Oslo.

Com AFP

    Leia tudo sobre: colombiaconflitofarcguerrilhacubahavanaacordo de paz

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG