Explosões matam soldados da Síria, dizem ativistas

Dois carros-bomba são detonados em campo militar de Deraa; nenhum grupo assume responsabilidade

iG São Paulo |

Pelo menos 20 soldados sírios foram mortos na explosão de dois carros-bomba em um campo militar na cidade de Deraa neste sábado, informaram ativistas. A TV estatal síria informou que havia "notícias de vítimas entre civis e muitos danos materiais em dois lugares", mas não mencionou alvos militares nem forneceu mais detalhes.

De acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos, os dois carros explodiram logo após entrarem no campo militar, sendo, portanto, atentados suicidas. A segunda explosão teria causado as vítimas.

Nenhum grupo assumiu responsabilidade pelos ataques em Deeraa, mas explosões de carros-bomba em instalações militares vêm sendo feitas por diferentes grupos rebeldes que lutam contra o presidente Bashar Al-Assad.

Leia também:  Cerca de 11 mil refugiados deixam a Síria em 24 horas, diz ONU

Reuters
Família síria cruza fronteira para a Turquia (10/11)

Na sexta-feira, a Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou que 11 mil refugiados deixaram a Síria em apenas 24 horas. A maior parte dos refugiados, que fogem da guerra civil no país, foi para a Turquia (9 mil).

Além disso, mil refugiados foram para a Jordânia e mil para o Lúbano, segundo Panos Moumtzis, do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), por ocasião do 6º Fórum Humanitário para a Síria, reunido em Genebra.

Diariamente, aproximadamente 2 mil refugiados sírios se deslocam. O número total de refugiados nos quatros países vizinhos da Síria (Turquia, Líbano, Jordânia e Iraque) é de mais de 408 mil, indicou em uma coletiva de imprensa o membro da Acnur.

O Fórum, que reúne as agências das Nações Unidas, ONGs e os principais países doadores, ressaltou a deterioração da situação humanitária e o financiamento insuficiente da ajuda às vítimas do conflito sírio.

Com Reuters

    Leia tudo sobre: síriaassadmundo árabeprimavera árabe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG