Romney deseja sorte a Obama em 'momento de grande desafio' para os EUA

Em discurso rápido, republicano reconhece derrota na eleição e diz que vai rezar para que presidente reeleito seja bem-sucedido

iG São Paulo | - Atualizada às

Em um rápido discurso, o candidato republicano à presidência dos EUA, Mitt Romney , reconheceu a derrota na eleição presidencial americana nesta quarta-feira, desejando sorte ao vencedor, o presidente Barack Obama , em um "momento de grande desafio" para os Estados Unidos.

"Eu e (o candidato a vice) Paul Ryan nos esforçamos ao máximo nesta campanha. Porém, a nação escolheu outra pessoa como líder. Por isso, eu e minha mulher Ann vamos orar para que Barack Obama faça um bom trabalho. Muito obrigado", disse o republicano.

Direto dos EUA:  Em votação acirrada, Obama conquista reeleição

Saiba mais: Veja todas as notícias sobre as eleições nos EUA

Reuters
O candidato republicano à presidência dos EUA, Mitt Romney, assume a derrota durante discurso em Boston

Romney fez o anúncio mais de uma hora após Obama ultrapassar os 270 delegados necessários para vencer o Colégio Eleitoral americano e quase duas horas depois de a rede CNN projetar a reeleição do presidente. Neste momento, a campanha de Obama já disparava emails e posts em redes sociais agradecendo partidários.

Antes de subir ao palco, Romney telefonou ao presidente para parabenizá-lo.

Em seu discurso, o republicano fez um agradecimento especial a Ryan, que definiu como "sua melhor escolha" depois da mulher. Ann Romney também recebeu muitos agradecimentos do candidato republicano. "Ela seria uma primeira-dama maravilhosa", afirmou.

Romney ainda agradeceu o Partido Republicano e seus partidários, dizendo que acredita nunca ter visto um esforço de campanha maior do que o deste ano. Por fim, fez um apelo à unidade, dizendo que este não é o momento para disputas partidárias.

Trajetória

Willard Mitt Romney nasceu em 1947 em Michigan. Seu pai, George, foi governador de Michigan e pré-candidato republicano nas eleições presidenciais de 1968. Aos 65 anos, tem cinco filhos, 16 netos e, segundo a sua declaração de renda de 2011, patrimônio de mais de US$ 200 milhões.

Quando era jovem, Romney trabalhou por dois anos como missionário mórmon na França, antes de estudar direito e administração em Harvard. Sempre muito ligado à religião, depois de se formar ele assumiu uma posição de liderança entre os mórmons americanos, enquanto a sua carreira crescia a passos largos na empresa de consultoria Bain&Company.

Romney foi um dos fundadores da empresa de investimento Bain Capital, onde trabalhou até 2001, quando assumiu a organização das Olimpíadas de Inverno de Salt Lake City. Os Jogos foram um sucesso e o catapultaram para a vida pública. Em 2002, Romney foi eleito governador de Massachusetts, defendendo ser um pragmático centrista.

Em 2008, perdeu a nomeação do Partido Republicano para concorrer à presidência para o então senador John McCain. Mas assim que Obama assumiu o cargo, em janeiro de 2009, Romney começou a preparar sua candidatura para as eleições deste ano.

Com reportagem de Carolina Cimenti

    Leia tudo sobre: eleição nos euaeuaromney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG