Obama agradece voluntários e parabeniza Romney por 'campanha animada'

Presidente americano expressou confiança na reeleição durante visita a um comitê local de campanha nesta terça-feira

iG São Paulo |

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama , parabenizou o adversário republicano, Mitt Romney , pela disputa acirrada para a Casa Branca e expressou confiança na reeleição, durante visita a um comitê local de campanha para agradecer aos voluntários, nesta terça-feira.

"Quero dizer ao governador Romney parabéns pela campanha animada. Sei que os apoiadores dele estão tão engajados e tão entusiasmados e trabalhando tanto quanto os nossos hoje", disse Obama, enquanto voluntários faziam ligações telefônicas incentivando eleitores a votar.

Veja o especial do iG sobre a eleição nos EUA

AP
Presidente Barack Obama liga para agradecer voluntários em Wisconsin nesta terça-feira


Perfil: Saiba mais sobre o presidente Barack Obama

"Estamos confiantes que temos os votos para vencer, mas vai depender no final do comparecimento desses votos. Então eu encorajo todo mundo de todas as partes a garantir o exercício desse precioso direito que outras pessoas lutaram tanto para que nós tivéssemos", acrescentou.

Obama fez ligações para voluntários no escritório de campanha para agradecer pelo trabalho feito durante a campanha pela reeleição.

iG em Chicago:  Obama joga basquete e Romney faz campanha em dois Estados

"Espero que a gente tenha uma boa noite, as não importa o que acontecer, só quero dizer o quanto aprecio cada pessoa que me apoiou, todo mundo que trabalhou tanto em meu nome."

Mais cedo, o adversário de Obama votou em um posto eleitoral de Belmont , no Estado de Massachussets, onde atuou como governador . Ele votou acompanhado pela sua mulher Ann Romney . Romney manterá sua campanha pessoalmente até "o último minuto", com comícios em Cleaveland, Ohio, e Pittsburgh, Pensilvânia. Depois se dirige a Boston para acompanhar a apuração.

Entenda como funcionam as eleições americanas
Entenda como funciona o Colégio Eleitoral americano

De acordo com um assessor do candidato republicano, a campanha nos dois Estados “ajudará a manter a energia correndo” até o fechamento das urnas. A ideia é que que a campanha “continue até que a votação termine”, disse. O candidato a vice-presidente da chapa Romney, republicano Paul Ryan, votou ao lado de sua esposa e três filhos, em Janesville, Wisconsin.

Indireta, a eleição americana não é definida pela votação popular nacional, mas por disputas Estado a Estado e seus respectivos votos no Colégio Eleitoral — em que é necessário conquistar 270 dos 538 votos para vencer. Assim, os chamados swing states e seus 5% a 8% de indecisos são cruciais por poderem favorecer qualquer um dos dois candidatos na matemática eleitoral americana.

Com Reuters

    Leia tudo sobre: eleição nos euaeuaobamaromney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG