Lawrence Jones, de 42 anos, já tinha passagem pela polícia e teria se suicidado após ataque

Um homem abriu fogo nesta terça-feira dentro de uma fábrica de processamento de carne de frango em Fresno, na Califórnia, deixando ao menos dois mortos e seis feridos. O atirador, identificado como Lawrence Jones, de 42 anos, se matou logo em seguida, de acordo com
as autoridades locais. Até o momento não se sabe o que motivou o ataque.

Mulher chora ao deixar fábrica onde um homem abriu fogo contra operários
AP
Mulher chora ao deixar fábrica onde um homem abriu fogo contra operários

"É difícil saber nesse ponto se havia algo alvo específico", disse o chefe de polícia de Fresno, Jerry Dyer. Ele também afirmou que Jones já teve passagem pela polícia no início dos anos 1990, mas não elaborou sobre a questão.

Segundo relatos, Jones chegou ao trabalho às 5 da manhã e, depois de três horas, sacou uma pistola automática e começou a disparar. Havia mais de 30 operários no local do tiroteio e outros 62 trabalhadores na fábrica.

Quando a polícia chegou à fábrica encontrou Jones com um tiro na cabeça, ao lado de uma mulher de 32 anos, gravemente feriada. Outras duas vítimas foram levadas a um hospital da região, mas não resistiram aos ferimentos.

Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.