Tempestade Sandy cancela voos entre Brasil e EUA pelo quarto dia consecutivo

Embora o Aeroporto Internacional JFK tenha sido reaberto, TAM e American Airlines cancelaram seis voos entre Nova York, Rio de Janeiro e São Paulo

iG São Paulo |

Apesar de o Aeroporto Internacional JFK, em Nova York, ter sido reaberto nesta quarta-feira, ainda que com serviços limitados, a TAM e a American Airlines cancelaram voos a partir de São Paulo e Rio de Janeiro que tinham como destino a cidade bastante afetada pela passagem da tempestade Sandy. Entre as duas empresas estavam previstos seis voos previstos para hoje. O Aeroporto de La Guardia, um pouco menor, segue fechado.

Leia mais: Obama declara 'zona de desastre' em Nova York e Nova Jersey por Sandy

Veja imagens: Passagem da tempestade Sandy pelos EUA

A TAM cancelou o voo JJ8083, que partiria de Nova York com destino a ao São Paulo, às 10h30, além do voo JJ8079, que partiria de Nova York com destino ao Rio de Janeiro, às 19h.

Reuters
Passageiros observam monitor de voos no aeroporto de La Guardia, em Nova York (28/10)

O número de cancelamentos da American Airlines foi maior. Os voos AA966, que partiria do Aeroporto Internacional de Cumbia, em Guarulhos, às 8h45, foi cancelado. Partindo de Nova York, a empresa cancelou o voo AA973, que sairia às 9h30 com destino ao Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro; o voo AA951, que sairia às 9h45 com destino ao Aeroporto Internacional de Cumbica; e o voo 967, que partiria às 11h20 também com destino ao aeroporto de Guarulhos.

Recuperação

Moradores da costa leste dos Estados Unidos, onde a tempestade Sandy deixou um rastro de destruição , começaram a tentar voltar à vida normal mesta quarta-feira, com a reabertura de alguns dos serviços que permaneceram fechados desde domingo.

Mas em Nova York, apesar de alguns ônibus terem voltado a circular e a Bolsa de valores ter reaberto após dois dias fechada, moradores e autoridades têm a certeza de que levará dias até que a cidade volte ao ritmo frenético de sempre. Recuperar as comunidades mais atingidas e as redes de transporte que ligam umas as outras deve levar ainda mais tempo.

Nesta quarta-feira, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, visitará Nova Jersey, onde a tempestade Sandy tocou a terra na noite de segunda-feira, antes de causar mais de 40 mortes e deixar mais de oito milhões sem energia na costa leste. A seis dias da eleição presidencial, Obama cancelou eventos de campanha pelo terceiro dia consecutivo. Seu rival, o republicano Mitt Romney , deve retomar a campanha normalmente nesta quarta-feira, na Flórida.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG