Romney participa de ato em Ohio e foge de questões sobre tempestade Sandy

Candidato à presidência pelo Partido Republicano ajudou a angariar donativos para as pessoas atingidas pelas enchentes

iG São Paulo |

O candidato republicano à presidência, Mitt Romney, manteve alguns de seus compromissos políticos nesta terça-feira em Ohio, apesar dos estragos causados pela supertempestade Sandy em estados da costa leste dos Estados Unidos. Questionado pelos jornalistas sobre o assunto, Romney decidiu não responder.

Leia mais:  Obama declara 'zona de desastre' em Nova York e Nova Jersey por Sandy

Veja também: Prejuízo causado pela tempestade Sandy pode ultrapassar R$ 40 bilhões

O presidente Barack Obama, por sua vez, decidiu cancelar atos de campanha pelo terceiro dia consecutivo. De acordo com a agenda inicial, o candidato democrata também havia marcado um comício em Ohio.

Em um evento na cidade de Kettering, na região norte de Ohio, Romney participou de uma mobilização popular para juntar donativos para as pessoas atingidas pela tempestade, como alimentos, cobertores e roupas.

AP
Mitt Romney recebe donativos para pessoas afetadas pela tempestade Sandy

O candidato ignorou as perguntas realizadas pelos jornalistas sobre como utilizaria os recursos da Agência Federal de Gestão de Emergências (Fema, em inglês), principal organização por trás das ações de resgate em áreas atingidas pela tempestade. Em 2011, Romney havia proposto reduzir os fundos da agência.

Veja também: NY levará dias para voltar à vida normal após tempestade, diz prefeito

Ohio é um dos estados mais importantes nesta reta final da campanha, pois pode definir a vitória de Romney ou de Barack Obama, atualmente concentrado em cuidar da recuperação das áreas mais atingidas pela tempestade.

Respostas

Embora tenha cancelado comícios e atos eleitorais, Barack Obama pode se beneficiar do momento delicado por que passa o país. Isso porque a maneira como o presidente democrata respondeu à situação nos estados mais atingidos pela tempestade, como Nova York, Maryland e Virgina, tem sido bastante elogiada.

O governador de Nova Jersey, Chris Christie, fez questão de elogiar as medidas tomadas pelo presidente Barack Obama que, segundo ele, foram essenciais para evitar uma catástrofe maior. Seu estado foi um dos primeiros a sofrer com enchentes e ondas de até seis metros de altura, que causaram um cenário de devastação e deixaram um total de 4 mortos.

O membro do Partido Republicano, tido como um dos críticos mais ferrenhos às políticas de Obama, classificou o trabalho do presidente como "maravilhoso, excelente e fora de série".

Com AP e AFP

    Leia tudo sobre: eleição nos euatempestade sandysandyobamanova yorknova jersey

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG