Furacão Sandy causa estragos em cidades da costa leste dos EUA

Governo americano emitiu alerta de evacuação para cerca de 500 mil pessoas nos estados mais atingidos; 10 mil estão sem energia elétrica somente em Nova York

iG São Paulo | - Atualizada às

Com a chegada do furacão Sandy à costa leste dos Estados Unidos, cidades banhadas pelo Oceano Atlântico nos estados de Nova York, Maryland, Delaware, New Jersey, Massachusetts, Rhode Island e Connecticut já começam a sofrer com os danos causados pelas fortes chuvas e ventos de até 150 km/h registrados no final da tarde desta segunda-feira.

O governo emitiu um alerta de evacuação para cerca de 500 mil pessoas que vivem nessas regiões. Muitos, no entanto, decidiram permanecer em suas casas. Estradas foram fechadas por causa das enchentes. Aproximadamente 617 mil pessoas ficaram sem energia elétrica em Nova York, Nova Jersey, comunidades em Connecticut e na capital da Pensilvânia, Filadélfia.

AP
Casas de veraneio em Peggoty Beach, no estado de Massachusetts, sofrem com ventos fortes e ondas de até seis metros

A "supertempestade", como vem sendo chamada pelo governo americano, ameaça cerca de 50 milhões de pessoas em uma das regiões mais populosas do país. A Guarda Nacional, acostumada a atuar em casos de emergência como o furacão Katrina, deixou mais de 6 mil homens à disposição de Barack Obama.

As bolsas de valores de Nova York fecharam pela primeira vez desde os atentados de 11 de setembro de 2001 e continuarão sem funcionar na terça-feira. Órgãos públicos também ficaram fechados em Washington, capital administrativa do país.

Em outra região da costa leste dos Estados Unidos também foram registradas enchentes no final da tarde desta segunda-feira (no horário de Brasília). As ruas do balneário de Chincoteague, que fica em uma ilha no estado de Virginia, estavam completamente alagadas e cerca de 3,5 mil residentes permaneciam isolados.

Em Nova York, a maior cidade na rota do furacão Sandy, o governo autorizou o fechamento de todo o sistema de transporte, escolas, mercados financeiros, pontes e túneis. Muitos trabalhadores decidiram ficar em casa nesta segunda-feira, já que metrôs, ônibus e trens não funcionarão por causa da ameaça de inundação. Aeroportos também foram fechados e moradores de várias regiões foram retiradas de suas casas. Em toda a costa leste, quase 7,5 mil voos foram cancelados.

Com o aumento dos ventos no centro de Manhattan, um gigantesco guindaste ficou pendurado do alto de um prédio de 80 andares em construção, assustando as autoridades locais. Bairros próximos ao rio Hudson já começaram a sentir os efeitos da subida da maré por causa da tempestade, e moradores foram instruídos a não saírem de casa.

A cerca de 200 km ao sul de Nova York, a cidade de Atlantic City também registrou danos materiais devido à chuva incessante. As autoridades fecharam a estrada Route 30, uma das principais vias de acesso da região. Famosa pela grande rede de cassinos - fechados desde domingo por causa da tempestade - o local permanecia com as ruas vazias.

Obama

Em pronunciamento à nação, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reiterou sua preocupação com a chegada do furacão Sandy e colocou a campanha eleitoral em segundo plano. O candidato democrata à reeleição afirmou que seu principal objetivo no momento é "salvar vidas".

Obama também aconselhou a população a seguir as instruções das autoridades estaduais, afirmando que a "supertempestade" que deve tocar a costa leste do país nas próximas horas assusta pelo seu "tamanho e potência".

Questionado sobre que tipo de impacto o furacão Sandy causará nas eleições presidenciais, Obama afirmou não se preocupar com essas questões. "A eleição vai se resolver sozinha. Minha principal preocupação neste momento é com as famílias que terão dificuldades em se proteger durante a tempestade", disse o presidente.

Galeria de imagens mostra chegada do furacão Sandy:


Com CNN, BBC, Reuters e AP


    Leia tudo sobre: costa lesteeuafuracão sandyfuracãosandyobamanova york

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG