Obama e Romney cancelam atos de campanha por furacão Sandy

Tempestade deixou rastro de destruição no Caribe e saldo de 65 mortos; cidade de Nova York decidiu suspender transporte público

iG São Paulo |

O furacão Sandy, que deve chegar entre a noite deste domingo e a manhã de segunda-feira à costa leste dos Estados Unidos, obrigou tanto o presidente Barack Obama, candidato à reeleição pelo Partido Democrata, como seu rival republicano, Mitt Romney, a suspender atos de campanha e reorganizar a agenda eleitoral.

AP
Obama e Romney durante debate antes das eleições presidenciais: candidatos cancelaram atos de campanha por causa do furacão Sandy

Romney decidiu cancelar todos os atos que tinha previstos hoje na Virgínia e dirigirá seus últimos esforços antes das eleições do dia 6 de novembro ao estado-chave de Ohio, onde as enquetes lhe dão uma ligeira desvantagem.

Veja também: Nova York suspenderá serviços de trem, metrô e ônibus por furacão

Obama também cancelou um evento marcado para terça-feira no Colorado, outro estado fundamental para a definição das eleições. A campanha do presidente ainda mantém outro ato em Wisconsin na terça-feira, mas acompanha de perto a evolução do furacão para decidir se mantém o comício.

O furacão Sandy de categoria 1, que pode atingir estados como Virgínia, Maryland, Nova Jersey e Nova York, frustrou os planos dos candidatos de intensificar a campanha nos últimos dias em estados decisivos.

Leia também: Em momento histórico, Obama vota antecipadamente em Chicago

O presidente visitará hoje a sede da Agência Federal de Gestão de Emergência (Fema, na sigla em inglês), responsável pela preparação perante a chegada de fortes ventos e chuvas, que podem provocar inundações e cortes de luz em uma área densamente povoada.

Na tarde, Obama viajará para Orlando, na Flórida, onde deve participar de um evento de campanha com o ex-presidente Bill Clinton na segunda-feira e seguirá posteriormente a Ohio, outro estado-chave. Posteriormente, o presidente voltará à Casa Branca para continuar acompanhando a trajetória do furacão Sandy.

Pesquisa

Em nova pesquisa divulgada pela Reuters em conjunto com o insituto Ipsos, Obama aparece com uma leve vantagem sobre Romney entre os eleitores propensos a votar. Segundo a apuração, o democrata aparece com 49% das intenções de voto, contra 46% do democrata. Entre a margem de erro, os dois estão tecnicamente empatados. As eleições serão realizadas no dia 6 de novembro.


Com EFE e Reuters

    Leia tudo sobre: eleição nos euaobamaromney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG