Projétil de artilharia síria atinge clínica hospitalar na Turquia

Disparo atingiu a cidade fronteiriça de Reyhanli e não deixou feridos

iG São Paulo |

Um projétil de bateria anti-aérea da Síria atingiu uma clínica hospiltar em uma cidade da Turquia próxima à fronteira, segundo uma agência de notícias local. Não foi registrado nenhum ferido. O exército investiga a área para concluir de onde partiu o artefato.

Desde o dia 3 de outubro, após um morteiro sírio matar cinco civis turcos, ambos os países passaram a trocar disparos esporádicos de artilharia.

AP
Rebeldes conversam em rua de Tel Abyad, na Síria, um dos principais núcleos rebeldes perto da fronteira com a Turquia

Segundo relatos veículados na televisão turca, a clínica hospitalar fica a 200 metros do limite com a Síria, na cidade de Reyhanli. O projétil ricocheteou cinco vezes antes de atingir o muro do prédio. A vila atingida fica do outro lado da fronteira de um dos principais redutos dos rebeldes que lutam contra o presidente Bashar Al-Assad na província de Idlib.

Leia também: ONU denuncia aumento de violações de direitos humanos na Síria

Ataques

Nesta terça-feira, em uma ofensiva para liberar estradas controladas por rebeldes no norte da Síria, o exército de Assad bombardeou as vilas de Maaret Al-Numan e Mar Shamsheh, segundo relatos do Observatório Sírio para Direitos Humanos, entidade baseada em Londres. As duas localidades são pontos-chave no caminho que liga Aleppo à capital Damasco. Não foram divulgados números de mortos ou feridos após o ataque.

Os rebeldes tomaram as duas vilas no começo do mês e contaram uma das principais rotas para envio de suprimentos às tropas de Assad localizadas no norte e no nordeste da Síria.

Com AP

    Leia tudo sobre: turquiasíriamorteirobashar al-assad

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG