Ataques aconteceram ontem nos distritos de Jas e Argu, onde os centros educacionais ficaram carbonizados

EFE

Desconhecidos queimaram dois colégios apenas para meninas na província de Badakshan, no norte do Afeganistão, informou nesta terça-feira à Agência Efe uma fonte oficial da administração afegã.

Boletim médico: Paquistanesa baleada tem 'boa chance de recuperação'

Os ataques aconteceram ontem nos distritos de Jas e Argu, onde os centros educacionais ficaram carbonizados, embora não haja vítimas pessoais, precisou o porta-voz do Governo provincial, Abdul Marouf Rasikh.

Rasikh também disse que os ataques são obra da guerrilha talibã, que durante o seu regime no país restringiram ou proibiram totalmente a educação feminina. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.