Atentado suicida deixa seis mortos no Afeganistão

Taleban reivindicou autoria do ataque, que deixou feridos em um ponto de controle do serviço de inteligência afegã, na província de Kandahar

iG São Paulo |

Um soldado e um civil que integravam a missão da Otan no Afeganistão e quatro agentes dos serviços secretos afegãos morreram neste sábado em um atentado suicida na província de Kandahar, no sul do Afeganistão.

Yusuf Ahmadi, porta-voz dos insurgentes do Taleban, reinvindicou o ataque, que deixou vários afegãos e estrangeiros feridos, segundo um comunicado da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), o braço armado da Otan no Afeganistão.

Saiba mais:  Entenda por que o Afeganistão é estratégico

Leia: Taleban atira em paquistanesa de 14 anos defensora dos direitos das mulheres

Segundo um comunicado do governo local, um terrorista com explosivos presos ao corpo detonou sua carga no primeiro ponto de controle de um escrtitório do NDS, serviço de inteligência local, por volta das 11h, no horário local (3h30 em Brasília).

Quatro funcionários morreram e três ficaram feridos. "As vítimas estavam no ponto de checagem, quando o homem detonou os explosivos", declarou o porta-voz do governo da província de Kandahar Jawed Faisal.

Última semana:  Ataque suicida contra patrulha da Otan deixa 14 mortos no Afeganistão

Um soldado da força da coalizão e um civil morreram no incidente, de acordo com a Isaf, que não informou se as duas vítimas trabalhavam diretamente para a entidade.

Com AFP e EFE

Segundo um porta-voz, a Isaf só tinha escutado "rumores" sobre a ação e abriu uma investigação para apurar o fato.

    Leia tudo sobre: afeganistãoatentado suicidaataquemortosferidosisafotan

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG