Menina chinesa morre depois de ser obrigada pelo pai a correr por seis horas

Criança de seis anos foi castigada por ter bagunçado a casa da família na província oriental de Zhejiang; homem foi preso

EFE |

EFE

Uma menina chinesa de 6 anos de idade morreu no leste do país depois de ter sido obrigada por seu pai a correr durante seis horas como forma de castigo, informou nesta quarta-feira o diário governista Global Times.

O pai, de 30 anos, identificado como Zhang e atualmente sob custódia policial, castigava a filha por ter bagunçado a casa da família na cidade de Yueqing, na província oriental de Zhejiang.

Após as horas de corrida, a menina acordou durante a madrugada queixando-se de dores no estômago, e pouco depois ficou inconsciente antes de morrer. O caso aconteceu no último fim de semana, mas as autoridades só o divulgaram agora.

Zhang também havia agredido a filha com um sapato, e por isso o corpo da menina apresentava vários hematomas, embora o médico legista tenha descartado que os golpes possam ter causado sua morte.

Para piorar, o pai demonstrou incredulidade quando soube da morte de sua filha e insistiu em levá-la a outro hospital para uma "segunda opinião", mas acabou deixando o corpo da menina junto a uma árvore antes de entregar-se à polícia.

    Leia tudo sobre: china

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG