Obama reconhece 'tropeço' em debate, mas tenta tranquilizar partidários

Em evento de arrecadação na Califórnia, presidente afirma que também cometeu erros na bem-sucedida campanha de 2008

iG São Paulo |

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama reconheceu neste domingo que seu desempenho foi fraco no primeiro debate presidencial contra seu rival republicano, Mitt Romney . Mas ele também lembrou partidários que participavam de um evento de arrecadação na Califórnia de que até mesmo a bem-sucedida campanha de 2008 teve "tropeços".

Falando para uma multidão de cerca de 6 mil pessoas em um show em Los Angeles, Obama elogiou os vários artistas - incluindo Jon Bon Jovi e Jennifer Hudson - que se apresentaram anteriormente para o público. "Eles simplesmente são perfeitos noite após noite. Eu não posso dizer o mesmo", disse Obama, em referência ao debate, provocando risos e aplausos.

Leia também: Com 'ataque de estatísticas', Romney vence Obama em debate

AP
O presidente dos EUA, Barack Obama, participa de evento de arrecadação de campanha em Los Angeles (07/10)

O bom desempenho de Romney no debate na quarta-feira ajudou a diminuir a diferença nas pesquisas do republicano para o presidente, que é o líder nacional e em vários Estados decisivos na eleição de 6 de novembro.

Obama, cuja campanha disse que iria fazer ajustes em consequência do resultado do debate, destacou que a vitória pela Casa Branca há quatro anos teve uma própria parcela de obstáculos, incluindo erros que ele próprio cometeu.

"Voltando a 2008, todo mundo sempre lembra a vitória, mas nem sempre se lembra dos tropeços pelo caminho", disse. "As coisas sempre ficam boas em retrospecto. Mas durante... fizemos todos os tipos de erros. Nós fizemos trapalhadas. Eu fiz trapalhadas. Mas o povo americano nos levou adiante", disse.

Em outro evento de arrecadação para a campanha, mais íntimo, Obama comprometeu-se a trabalhar mais do que nunca para ganhar a reeleição, no que pode ter sido um esforço para tranquilizar seus partidários após a atuação no debate. "Vocês vão me ver trabalhando tão duro quanto já trabalhei pelos próximos 30 dias", disse.

Obama está realizando uma série de eventos de captação de recursos na Califórnia, em um esforço para aumentar os cofres de sua campanha para a reta final da corrida contra Romney.

No sábado, a campanha anunciou que, juntamente com seus aliados do Partido Democrata, arrecadou um recorde de US$ 181 milhões em setembro.

Com Reuters

    Leia tudo sobre: euaobamaeleição nos euadebateromney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG