Ataque aéreo de Israel fere dois militantes palestinos na Faixa de Gaza

Exército israelense lança ataque após abater um avião não tripulado no deserto de Negev

iG São Paulo |

Um ataque aéreo lançado pelo exército de Israel na Faixa de Gaza deixou dois militantes palestinos e ao menos três civis feridos na noite deste domingo. Segundo as autoridades israelenses, o objetivo era atingir um pequeno grupo de extremistas envolvidos em um atentado que matou um soldado próximo à fronteira com o Egito, em junho.

Veja também: Força aérea israelense abate aeronave não tripulada

O Hamas confirmou o ataque e disse que vários civis que estavam próximo ao local, incluindo duas crianças, ficaram gravemente feridos. As forças israelenses atingiram uma motocicleta no movimentado bairro de Rafah, a poucos quilômetros da fronteira com a península de Sinai.

AP
Tropas israelenses vasculham território no deserto de Negev após abater um avião não tripulado

Em comunicado, as Forças de Defesa de Israel disseram que os alvos eram membros do grupo Grupo Jihadista. Um dos feridos, segundo a nota, era Talat Halil Jarbi, considerado um "alto comandante da entidade", que teria participado do atentado contra soldados israelenses na fronteira com o Egito. Segundo a agência de notícias AFP, um hospital palestino confirmou que Talat Halil perdeu as duas pernas no ataque. O outro ferido foi identificado como o militante Abdullah Muhammad Hassan Maqawai.

Avião não tripulado

A força aérea israelense abateu um avião não tripulado após a aeronave cruzar a fronteira no sul de Israel no sábado, disseram os militares. Até agora não se sabe a origem do aparelho, que aparentemente não carregava explosivos.

O avião foi detectado pela primeira vez sobre o Mar Mediterrâneo na área da Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas, a oeste de Israel, disse a porta-voz militar Avital Leibovich.

A aeronave foi mantida sob vigilância e seguida por jatos da Força Aérea Israelense, antes de ser abatida sobre uma floresta, em uma área despovoada, perto da fronteira com territórios ocupados da Cisjordânia.

Com BBC

    Leia tudo sobre: israelsinaifaixa de gazapalestinaegito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG