Vantagem de Obama sobre Romney cai a 2 pontos após primeiro debate, diz pesquisa

Pesquisa Reuters/Ipsos coloca atual presidente com 46% e candidato republicano com 44%

Reuters |

Reuters

A vantagem do presidente americano, Barack Obama, sobre o seu rival Mitt Romney na disputa presidencial caiu para apenas 2 pontos percentuais depois do bom desempenho do republicano no primeiro debate, segundo pesquisa Reuters/Ipsos divulgada nesta sexta-feira. Foram entrevistados 1.728 eleitores registrados, sendo 1.434 inclinados a votar.

Leia mais: Com 'ataque de estatísticas', Romney vence Obama em debate

Um quinto do eleitorado passou a ver Obama de forma mais negativa depois do debate de quarta-feira em Denver e quase um terço diz que passou a ver Romney de maneira mais positiva.

AP
Mitt Romney e Barack Obama sorriem durante debate na Universidade de Denver, no Colorado (03/10)

"Romney foi bem, há a percepção de que foi bem, e estamos vendo o efeito disso hoje", disse o diretor-gerente do Ipsos, Cliff Young. "Definitivamente, no curto prazo, ele está pegando as pessoas por causa do seu desempenho no debate."

Veja também: Especial do iG sobre as eleições nos EUA

O monitoramento feito entre segunda e sexta-feira pela Internet mostrou Obama com 46% das intenções de voto entre eleitores inclinados a votar, contra 44% para Romney. Na pesquisa de quarta-feira, Obama liderava por 6 pontos percentuais.

Resta ver se o desempenho ruim de Obama em Denver acarretará danos definitivos. Ele terá mais duas chances para se redimir, nos debates de 16 e 22 de outubro. Além disso, a subida de Romney pode ser passageira, refletindo apenas a cobertura positiva dos últimos dias. A eleição será em 6 de novembro.

Segundo a pesquisa, 91% dos eleitores registrados disseram ter visto, ouvido ou lido a respeito do debate, e 54% responderam que Romney foi melhor. Só 14% disseram que passaram a ver Obama de forma mais favorável após o debate.

Para compensar, Obama recebeu uma boa notícia também nesta sexta-feira : o novo índice oficial de desemprego, que ficou abaixo dos 8% pela primeira vez desde 2009.

    Leia tudo sobre: eleição nos euaobamaromneydebate presidencial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG