Espanha prende jovem suspeito de preparar massacre em universidade

Segundo a polícia, homem de 21 anos queria espalhar bombas em campus e imitar ataque de Columbine, nos EUA

AFP |

AFP

A polícia espanhola prendeu nesta quarta-feira um jovem que pretendia espalhar bombas em um campus universitário para imitar o massacre de 1999 na escola americana de Columbine, anunciaram as autoridades.

"Agentes da Polícia Nacional prenderam um jovem de 21 anos disposto a espalhar bombas na Universidade das Ilhas Balears e imitar o massacre de Columbine, no qual dois jovens acabaram com a vida de 13 pessoas", informa a polícia local em um comunicado.

O homem foi detido em Palma de Malhorca, no arquipélago mediterrâneo das Baleares, "no momento em que recebia mais de 140 quilos de explosivos que havia adquirido na internet", completa a nota.

"O detido havia feito diversos comentários na internet nos quais afirmava se identificar com os autores do massacre de Columbine, Estados Unidos, e inclusive tinha um blog no qual manifestava seu ódio, paixão pelas armas e como fabricar diversos tipos de explosivos", destacaram as autoridades.

Nos documentos apreendidos em sua residência, o jovem manifestava "o ódio contra a sociedade, especialmente contra os estudantes universitários, e a decisão de colocar estrategicamente bombas do tipo tubo repletas de pedaços de ferro no campus, admitindo a hipótese de suicídio durante o massacre.

    Leia tudo sobre: espanhacolumbine

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG