Presidente da Colômbia é internado para operar câncer de próstata

Juan Manuel Santos se disse otimista ao chegar a hospital de Bogotá; líder deve ficar hospitalizado por dois ou três dias

iG São Paulo |

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, chegou "otimista" nesta quarta-feira a um hospital de Bogotá, onde será operado de um câncer de próstata.

Leia também:  Presidente da Colômbia diz que tem câncer de próstata e será operado

AP
O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, chega a hospital de Bogotá com a mulher


"Com a ajuda de Deus tudo sairá bem", escreveu Santos no Twitter. "Obrigado de coração por tanta solidariedade", acrescentou o presidente, que chegou às 6h20 locais (8h20 de Brasília) ao centro hospitalar da Fundação Santa Fé de Bogotá junto com sua mulher, María Clemencia de Santos, e sua filha, María Antonia Santos.

O presidente colombiano foi recebido pelo urologista Felipe Gómez, seu médico e quem lhe diagnosticou a doença e lhe recomendou que se submetesse a uma cirurgia de remoção da glândula prostática.

A intervenção cirúrgica, que tem uma chance de sucesso de 97%, segundo as previsões de Gómez, terá duração de duas horas. Santos deverá permanecer de dois a três dias no hospital antes que possa retornar à Casa de Nariño, sede do Executivo na capital colombiana. 

Santos é o mais recente líder latino-americano a ser diagnosticado com câncer, depois do venezuelano Hugo Chávez e da presidenta Dilma Rousseff. Também fizeram tratamentos contra a doença os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e o paraguaio Fernando Lugo.

Com EFE

    Leia tudo sobre: colômbiasantosjuan manoel santoscâncercirurgia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG