Cinco pessoas morrem e 20 ficam feridas em atentados no sul da Tailândia

Ao menos 20 ficaram feridos em uma série de atentados em regiões onde atua a insurgência armada; na província de Yala, duas mulheres morreram baleadas

EFE |

EFE

Pelo menos cinco pessoas morreram e cerca de 20 ficaram feridas em vários atentados ocorridos neste sábado (30) nas regiões do sul da Tailândia onde atua a insurgência armada, informou a imprensa local. Na província de Yala, duas mulheres morreram em ataques diferentes quando os veículos nos quais viajavam foram baleados por insurgentes muçulmanos, segundo a polícia. Outras duas pessoas, um homem e uma mulher, ficaram gravemente feridas e foram levados para o hospital.

Leia mais: Atentados no Iraque deixam pelo menos 14 mortos e 26 feridos

Leia também: Soldado da Otan e funcionário morrem em ataque de militar afegão

Na cidade de Pattani, um policial recebeu um tiro na cabeça enquanto realizava trabalhos de vigilância e um vendedor de medicina tradicional, informante da polícia, foi assassinado a tiros quando estava em sua loja, perto de uma mesquita. Uma mulher perdeu a vida e seu marido sofreu ferimentos graves quando a caminhonete na qual se deslocavam foi baleada na província de Narathiwat.

Saiba tudo: Leia o noticiário internacional completo no iG

Nesta mesma província, a explosão de duas granadas M79 em um mercado local do distrito de Bacho feriu 17 pessoas.

Os ataques com armas leves, assassinatos e atentados com explosivos ocorrem quase diariamente nas províncias de Pattani, Narathiwat e Yala, apesar do desdobramento de cerca de 40 mil soldados das forças de segurança e da declaração do estado de exceção.

    Leia tudo sobre: tailândiaviolênciaconflitomorteatentadosterrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG