Série de atentados no Iraque resulta em 34 mortos e 85 feridos neste domingo

Ataques com carros-bomba foram registrados em diversas localidades; entre as vítimas, 25 morreram em atentados na capital Bagdá e arredores

EFE |

EFE

Pelo menos 34 pessoas morreram e 85 ficaram feridas neste domingo (30) em uma série de atentados e ataques armados em diversas regiões do Iraque, principalmente em Bagdá, informou o Ministério do Interior do país. Entre as vítimas, 25 morreram em atentados na capital e seus arredores, onde houve, além disso, a maioria dos feridos, um total de 59. Segundo os policiais, seis carros-bomba explodiram em várias localidades.

Leia também: Militantes curdos matam 10 soldados da Turquia em ataque a comboio

O maior número de mortos foi registrado em Al Taji, 30 quilômetros ao norte de Bagdá, onde seis pessoas morreram e outras oito sofreram ferimentos por causa da explosão de quatro veículos carregados com explosivos em diferentes pontos do povoado. 

Leia mais: Foto no Facebook leva muçulmanos a queimarem templos em Bangladesh

Síria: Forte exmplosão em praça no centro de Damasco deixa vítimas

AP
Iraque teve um domingo de violência, com ataques com carros-bomba e dezenas de mortos e feridos

Um ataque similar aconteceu no município de Al Kut, 180 quilômetros ao sul da capital, que resultou na morte de cinco pessoas. Outras seis ficaram feridas por causa da explosão de um carro-bomba dirigido por um terrorista suicida que o detonou em um posto de controle no sul da cidade.

Outro veículo explodiu perto de um mercado de verduras em Han Banisat, 30 quilômetros a leste de Bagdá, matou uma pessoa e causou ferimentos em cinco. Além disso, um especialista em explosivos morreu quando tentava desativar uma bomba colocada em um automóvel na região de Suleiman Bey, na província de Salah ad-Din (norte).

Leia também: Cinco pessoas morrem e 20 ficam feridas em atentados na Tailândia

Em Bagdá, um grupo armado assassinou a tiros um funcionário do Ministério do Interior no bairro de Amel, na região sudoeste, e pouco depois explodiu nas proximidades um carro-bomba que deixou quatro feridos. Um oficial da polícia ficou ferido gravemente também pelos disparos de homens armados no bairro de Al Masur, no oeste da capital, enquanto outras duas pessoas sofreram ferimentos devido à explosão de dois artefatos durante a passagem de uma patrulha policial em Al Tarmiya, 40 quilômetros ao norte de Bagdá.

O Iraque vive atualmente uma alta da violência que pôs em alerta a segurança por causa dos numerosos atentados, sobretudo contra alvos xiitas e policiais, e que se intensificaram no último ano após a saída definitiva das tropas americanas em 18 de dezembro do ano passado. 

    Leia tudo sobre: iraqueatentadocarro bombabagdáxiitas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG