Ex-ministro das Finanças, Peer Steinbrueck foi escolhido para liderar oposição social democrata nas eleições de 2013 contra atual chanceler do país, que lidera intenções de voto

Reuters

Peer Steinbrueck, escolhido para liderar a oposição social democrata na Alemanha nas eleições do próximo ano, fez um apelo por unidade no partido neste sábado (29), dizendo que de outra forma seria difícil vencer a disputa com a atual chanceler Angela Merkel.

Steinbrueck, ex-ministro das Finanças, também reafirmou que se opõe atuar junto com Merkel, em uma eventual coalizão no futuro.

Peer Steinbrueck, líder oposicionista na Alemanha, diz que só é possível derrotar Angela Merkel com união no partido
Michael Sohn/AP
Peer Steinbrueck, líder oposicionista na Alemanha, diz que só é possível derrotar Angela Merkel com união no partido

"Essa eleição federal pode apenas ser vencida se tivermos mobilização dos nossos apoiadores. Unidade é importante", afirmou.

Uma pesquisa conduzida pelo ARD-DeutschlandTrends na última sexta-feira (28) mostrou Merkel com 50%, contra 36% de Steinbrueck.

Os participantes consideraram Merkel mais confiável do que Steinbrueck e também mais capaz de levar o país a superar a crise do euro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.