Após bater em abutre, avião cai e deixa 19 mortos no Nepal

Aeronave que levava turistas para a região do Monte Everest cai minutos após decolar de aeroporto de Katmandu

iG São Paulo | - Atualizada às

Um avião que levava turistas para a região do Monte Everest atingiu um abutre e caiu nesta sexta-feira, pouco depois de decolar na capital do Nepal, Katmandu. Todos os 19 a bordo - nepaleses, britânicos e chineses - morreram.

Saiba mais: Veja o especial do iG sobre desastres aéreos

AP
Nepaleses observam destroços de avião que caiu perto de Katmandu

O piloto do avião, operado pela Sita Air, informou sobre problemas na aeronave dois minutos após a decolagem, e parecia estar tentando voltar para o aeroporto quando o acidente aconteceu. A colisão com o abutre aconteceu logo após a decolagem e foi o motivo da queda.

Leia também: Decolagem e pouso são as fases mais perigosas do voo

Imagens feitas por moradores da região mostratam que a parte frontal do avião já estava pegando fogo no momento em que atingiu o chão. Acredita-se que o piloto tentava fazer um pouso de emergência em uma área de terra perto de um rio.

O fogo, que rapidamente tomou conta da aeronave, impediu que moradores se aproximassem do avião e tentassem ajudar sobreviventes. De acordo com autoridades, sete vítimas são britânicas, cinco são chinesas e as demais - incluindo três tripulantes - são nepalesas.

A aeronave seguiria de Katmandu para Lukla, cidade que costuma servir de ponto de partida para o turismo e o montanhismo na região do Everest.

No domingo, uma avalanche deixou oito mortos na montanha Manaslu, a oitava mais alta do mundo, localizada no Nepal. Morreram quatro franceses, um alemão, um italiano, um espanhol e um nepalês.

Com AP

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG