Revista espanhola publica charge de Maomé e reacende polêmica

Publicação El Jueves estampou na capa "alguém sabe qual a aparência de Maomé?"

iG São Paulo |

A revista espanhola de sátira política El Jueves publicou uma charge do profeta Maomé em sua capa, reacendendo a polêmica que resultou em violentos protestos no mundo muçulmano. Na semana passada, milhares de manifestantes tomaram as ruas após a divulgação de um filme feito nos Estados Unidos e cartuns franceses serem considerados ofensivos ao islã.

A última edição de El Jueves, que chegou às bancas espanholas na quarta-feira, mostra vários muçulmanos em uma fila da polícia sob o título "Mas... alguém sabe qual a aparência de Maomé?".

Reprodução
Uma das charges publicadas pela revista espanhola El Jueves

Qualquer representação do profeta é considerada uma blasfêmia pelos muçulmanos, mas a questão também gerou um debate no Ocidente sobre censura, liberdade de expressão e conteúdos que insultam religiões e culturas diferentes.

Saiba mais: Especial do iG sobre protestos de muçulmanos contra insultos ao Islã

A revistou recusou-se a comentar nesta quinta-feira à Reuters as razões para a publicação. Para o Huffington Post, porém, a editora Mayte Quilez disse que a revista tomou a decisão de assumir uma posição humorística sobre uma questão polêmica. "Se você não pode retratar Maomé, como você sabe que é ele nas caricaturas?", disse.

Na semana passada, a revista satírica francesa Charlie Hebdo publicou charges do profeta Maomé logo após protestos contra um filme produzido nos Estados Unidos provocar uma onda de violência anti-EUA no Egito, Líbia, Tunísia e outros países.

O embaixador norte-americano na Líbia e outros três funcionários da missão diplomática foram mortos em um dos primeiros protestos na Líbia, no dia 11 de setembro, e outros 15 pessoas foram mortas em manifestações no Paquistão, na sexta-feira passada.

A embaixada espanhola enviou um recado na quarta-feira a seus cidadãos no Egito pedindo cuidado no caso de alguma reação à charge da El Jueves, mas não disse se irá aumentar a segurança em outros países árabes. "Ainda estamos analisando quais medidas serão tomadas", afirmou uma fonte no ministério de Relações Exteriores.

Com Reuters

    Leia tudo sobre: MANCHETESESPANHACARICATURAMAOME

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG