Polícia apreende milhões de dólares e euros falsos das Farc

Operação aconteceu no departamento de Cauca e em Bogotá e terminou com 14 detidos

EFE |

EFE

As autoridades colombianas apreenderam em operações realizadas nesta segunda-feira duas impressoras, uma delas aparentemente das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), nas quais eram produzidas cédulas falsas, principalmente dólares americanos.

Leia também:  Farc vão pedir cessar-fogo em negociação de paz com governo colombiano

As apreensões foram realizadas no departamento de Cauca e em Bogotá e terminaram com 14 detidos. Foram recolhidos cerca de US$ 2 milhões e uma quantidade similar de euros, segundo um comunicado da polícia colombiana.

Batizada de operação Aurora, a ação na cidade de Piendamó, em Cauca, desmantelou uma casa onde eram fabricados dólares, que alimentavam os cofres da VI Frente das Farc. Esta frente é comandada por "Sargento Pascuas", cujo verdadeiro nome é Miguel Ángel Pascuas, designado pelas Farc como um de seus negociadores no diálogo de paz entre a organização e o governo colombiano, que começará em 8 de outubro em Oslo e depois continuará em Havana.

Saiba mais: Entenda as negociações de paz entre as Farc e o governo colombiano

O dinheiro falso era transportado até Cali, capital do departamento de Valle del Cauca, em veículos que pertenciam a uma auto-escola. Junto com duas pessoas capturadas, a polícia apreendeu US$ 1 milhão em cédulas falsas de vários valores e uma máquina de impressão.

Em Bogotá, foram detidas 12 pessoas, lideradas por Heladio Hernández, que tinha sido preso em abril de 2010 pelo mesmo delito. A quadrilha fabricava dólares, libras esterlinas, euros e pesos colombianos. 

    Leia tudo sobre: farccolômbianarcotráfico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG