Fortes chuvas causam danos e ao menos 33 mortes na região nordeste do país

Inundações e deslizamentos causados por chuvas incessantes no nordeste da Índia deixaram pelo menos 33 mortos e mais de 1 milhão de desabrigados nas últimas semanas, disseram autoridades na segunda-feira.

Crianças tentam deixar área inundada no vilarejo de Burhabrhi, na Índia
AP
Crianças tentam deixar área inundada no vilarejo de Burhabrhi, na Índia


Pelo menos 21 pessoas foram mortas em deslizamentos, e outras oito estão desaparecidas no montanhoso Estado de Sikkim, segundo o governo local. Em Assam, que ainda se recupera das enchentes de julho, oito pessoas morreram e 20 estão desaparecidas, segundo a polícia.

Há quase 1 milhão de desabrigados só nesse Estado, e muitos estão refugiados em acampamentos ou em acostamentos de estadas, que tendem a ser construídas acima do terreno circundante, segundo as autoridades.

Em Arunachal Pradesh, quatro moradores morreram soterradas por deslizamentos, segundo a polícia.

Militares e autoridades federais lançaram operações para retirar moradores de áreas de risco em helicópteros e botes de borracha. Quase cem albergues foram abertos para acomodar os desabrigados.

Com Reuters

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.