EUA indiciam sargentos por vídeo em que militares urinam em corpos afegãos

Vídeo publicado na internet em janeiro provocou revolta no Afeganistão; há um mês, três soldados sofreram sanções administrativas pela caso

iG São Paulo |

Dois sargentos americanos foram indiciados por um vídeo publicado na internet no qual soldados são vistos urinando nos corpos de três afegãos , anunciou nesta segunda-feira o Pentágono.

As acusações contra os sargentos Joseph Chamblin e Edward Deptola são feitas um mês depois de outros três militares terem sofrido sanções administrativas por seu envolvimento no incidente, ocorrido na província afegã de Helmand em 27 de julho de 2011.

Leia também:  EUA identificam soldados que teriam urinado em corpos afegãos

Um vídeo divulgado na internet em janeiro mostra quatro soldados americanos urinando em três corpos ensanguentados. Um dos homens, aparentemente sabendo que estava sendo filmado, afirma: "Tenha um ótimo dia, amigo", referindo-se a um dos mortos.

O Pentágono indicou que as acusações contra os sargentos são feitas por "violações do Código Unificado da Justiça Militar, por seu envolvimento no episódio e por posar em fotos não-oficiais com pessoas mortas".

Eles foram acusados também de abandono do dever por uma série de falhas de comando envolvendo militares mais jovens.

O anúncio dos indiciamentos pela justiça militar ocorre em um momento de protestos no mundo muçulmano devido à divulgação de um filme ridicularizando o profeta Maomé, produzido nos Estados Unidos. 

Com AFP

    Leia tudo sobre: afeganistãoeuaexército

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG