Feridos em massacre nos Estados Unidos processam rede de cinemas

Ataque ocorreu na cidade de Aurora, no Estado de Colorado, em julho deste ano. Para vítimas, rede Cinemark não possui sistema de alarmes para proteger público

iG São Paulo |

Três pessoas que ficaram feridas durante massacre em Aurora, nos Estados Unidos, ocorrido em julho que deixou 12 mortos , entraram com ação contra os donos do complexo de salas de cinema palco do tiroteio, informou neste sábado a rede de televisão americana CNN.

O caso:  Atirador deixa ao menos 12 mortos na estreia do 'Batman' nos EUA

No processo contra a Cinemark EUA, proprietária do Century Aurora 16, os três envolvidos, identificados como Joshua Nowlan, Denise Traynom e Brandon Axelrod argumentam que as medidas de segurança no complexo, mais especificamente o sistema de alarme, não eram suficientes para proteger o público.

As ações, primeiras deste tipo desde o tiroteio foram iniciadas no mesmo dia em que a empresa anunciou planos de remodelação do complexo de salas de cinema e que reabrirá suas portas no início de 2013.

Leia também: 

Saiba quais foram os ataques mais mortais dos últimos 20 anos nos EUA
Americano com filhos no cinema diz que atirador parecia um 'exterminador'
‘Sou o coringa’, teria dito o atirador que matou 12 na estreia de Batman nos EUA
Blogueira que escapou de ataque no Canadá morre em massacre nos EUA

Segundo a emissora norte-americana, as ações apontam que apesar da expectativa de grande público para assistir a estreia do mais recente filme da série Batman, "não havia pessoal de segurança para o evento". Além disso, o texto indica que "as portas exteriores da sala não tinham nenhum tipo de sistema de alarme, sistemas de segurança conectados ou qualquer outro tipo de alarme".

Os advogados buscam obter indenização "pelos danos, perdas e ferimentos" causados pela ação do atirador. O acusado pelo tiroteio é James Holmes , de 24 anos, que além dos 12 mortos teria sido o responsável por ferir outras 58 pessoas.

*com EFE

Veja as fotos do massacre de Aurora:

    Leia tudo sobre: ataque em aurorajames holmeseuaataqueprocessoindenização

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG