Atentado na Tailândia mata seis e fere ao menos 44 pessoas, diz polícia

Para autoridades, ataque próximo a um mercado na província de Pattani, no sul do país, foi realizado por grupos separatistas

iG São Paulo |

Um carro-bomba causou uma grande exmplosão na província de Pattani, matando ao menos seis pessoas nesta sexta-feira. De acordo com a polícia local, homens armados também abriram fogo em um mercado com a intenção de criar tumulto. Pelo menos outras 40 pessoas ficaram feridas durante o ataque.

AP
Um carro-bomba explodiu próximo a um mercado na província de Pattani, na Tailândia

O atentado aconteceu no final da tarde, depois de encerrado o período de orações muçulmanas, no mesmo dia em que é comemorado o aniversário de independência da Malásia, governada pelo Reino Unido até 1989. Diversos grupos separatistas atuam na região sul do país desde 2004 e seus ataques causaram mais de 5 mil vítimas.

Leia mais: Tailândia denuncia Lady Gaga por desrespeito à bandeira nacional

Vários governos sucessivos tentaram colocar fim à violência orquestrada por movimentos extremistas, que atraem principalmente jovens islâmicos da Malásia, mas que não possuem demandas bem definidas. Segundo relatos, após a explosão, era possível observar pequenos grupos carregando bandeiras do país vizinho para demonstrar apoio ao atentado.

Tailânida e Malásia são parceiros regionais há décadas, mas os recentes atentados terroristas na região começaram a estremecer a relação entre os dois. Segundo o porta-voz do governo na província de Pattani, coronel Pramote Prom-in, insurgentes estão tentando "abalar as relações diplomáticas entre países asiáticos".

    Leia tudo sobre: tailândiamalásiagrupos separatistas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG