Milhares são evacuados após vulcão entrar em erupção na Guatemala

Segundo relatos, uma grande cortina de fumaça tóxica e um rio de lava ameaçam a cidade colonial de Antigua

iG São Paulo |

O governo da Guatemala colocou em prática um plano de evacuação após o vulcão Fuego entrar em erupção, cuspindo fogo e lava, nesta quinta-feira. Especialistas disseram que rochas, lava e fumaça foram expelidas a uma altura de mil metros. Aproximadamente 33 mil pessoas foram evacuadas até o momento, e voos foram interrompidos.

Moradores da região afirmaram também que o tremor da terra chegou a quebrar janelas e rachou as paredes de algumas casas. 

AP
Cerca de 33 mil pessoas foram evacuadas após vulcão entrar em erupção na Guatemala

As autoridades interromperam voos em regiões próximas ao local devido a enorme curtina de fumaça cinza e tóxica que cobre o topo do vulcão, que está no topo de uma montanha de 3,760 metros. Perto dele, estão as principais atrações turísticas da Guatemala, em uma cidade colonial conhecida como Antigua, onde vivem 45 mil pessoas.

Saiba mais: Perguntas e respostas sobre vulcões

Cientistas que controlam as atividades do vulção Fuego, localizado a cerca de 50 km da capital Cidade da Guatemala, revelaram que esta pode ser a erupção mais forte desde 1999.

Membros do Instituto Nacional de Sismologia, Vocanologia, Metereologia e Hidrologia relataram à agência Associated Press que um rio de lava cobria uma área de 7 km na lateral sul do volcão Fuego.

Com AP e BBC

    Leia tudo sobre: guatemalavulcão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG