Parentes de família morta nos Alpes estão 'abalados com crime chocante'

Familiares esperam que a justiça britânica encontre os responsáveis o mais rápido possível

iG São Paulo |

Parentes da família britânica assassinada de forma brutal na região dos Alpes franceses emitiram um comunicado dizendo que estão com os "corações partidos" após o crime "chocante". Saad Al-Hilli, de 50 anos, sua esposa e sua sogra, além de um ciclista foram mortos com tiros na cabeça. As duas filhas do casal sobreviveram com graves ferimentos.

Ahmed Al-Saffar, um parente próximo das vítimas, falou pela primeira vez aos canais de comunicação do Reino Unido nesta quarta-feira. "Toda a família está muito abalada com este crime chocante. Todos nós somos de origem iraquiana e somos muito gratos aos esforços das autoridades britânicas, francesas e iraquianas. Esperamos que os responsáveis sejam levados à Justiça o mais rápido possível".

Leia mais: Apenas uma arma foi usada em crime, diz polícia francesa

Sobreviventes

A polícia falou brevemente com a filha mais velha do casal, Zainab, 7 anos, que foi baleada e saiu do coma induzido no domingo. Mas ela ainda não foi questionada oficialmente sobre o assassinato.

A outra filha do casal, Zeena, de 4 anos, retornou ao Reino Unido. Ela não foi ferida no ataque e ficou escondida por oito horas depois de o carro ser encontrado. A polícia francesa afirmou que ela não forneceu nenhum dado relevante que possa ajudar na investigação pois permanece em estado de choque.

    Leia tudo sobre: AlpesFrançaReino Unido

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG