Dois líderes talibãs morrem em bombardeio no Afeganistão

Hazrat e seu colaborador Shakir foram atingidos por aviação da Isaf no distrito de Alishing

EFE |

EFE

A missão da Otan no Afeganistão (Isaf) anunciou nesta terça-feira a morte em um bombardeio de dois supostos líderes talibãs, entre eles o que supostamente organizou uma emboscada que matou dez soldados franceses.

Leia também:  EUA transferem controle de mais importante prisão ao Afeganistão

Os falecidos são o mulá Hazrat e um de seus colaboradores, Shakir, que foram atingidos por um bombardeio da aviação da Isaf ocorrido no distrito de Alishing, da província oriental afegã de Laghman.

Segundo assegurou a Isaf em comunicado, Hazrat é quem supostamente planejou e dirigiu a emboscada do dia 18 de agosto de 2008, cerca de 65 quilômetros ao leste de Cabul, na qual morreram dez soldados franceses e outros 21 ficaram feridos.

Ameaça:  Taleban diz que tentará matar príncipe Harry no Afeganistão

O ataque talibã daquele dia provocou uma grande polêmica na França e, no plano bélico, foi o início de um combate de dois dias entre as forças afegãs e internacionais contra um contingente de 100 rebeldes. De acordo com o comunicado, nenhum civil ficou ferido no bombardeio.

    Leia tudo sobre: afeganistãotalebanotanbombardeio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG