Obama supera arrecadação de Romney em agosto

Democrata arrecada US$ 114 milhões (R$ 230,7 milhões) contra US$ 111 milhões (R$ 224,6 milhões) do republicano, na primeira liderança em quatro meses

iG São Paulo |

A campanha à reeleição do presidente dos EUA, Barack Obama, e o Partido Democrata arrecadaram mais de US$ 114 milhões (cerca de R$ 230,7 milhões) em agosto, superando por uma pequena margem seu rival republicano, Mitt Romney . É a primeira vez em quatro meses que Obama lidera a arrecadação.

Romney e o Partido Republicano levantaram mais de US$ 111 milhões (R$ 224,6 milhões), dando continuidade a uma sequência de doações de altos valores. Enquanto Obama quebrou todos os recordes de captação de recursos em 2008, Romney vinha superando o adversário desde abril.

Saiba mais: Veja a cobertura completa das eleições nos EUA

AP
Obama discursa em Melbourne, na Flórida (09/09)

Isso contribuiu para uma vantagem de caixa para o lado republicano, que é ajudado pelo sucesso de grupos externos de arrecadação, os Super PACs, que gastaram fortunas em apoio ao candidato republicano com fundos ilimitados de doadores milionários.

Em julho, a campanha de Obama arrecadou US$ 75 milhões (R$ 151,7 milhões) enquanto Romney conseguiu US$ 101 milhões (R$ 204,4 milhões).

Leia também:  Saiba mais sobre as propostas de Obama e Romney

Em agosto, o candidato democrata ampliou sua base de doadores com mais de 317 mil novos colaboradores, afirmou o gerente da campanha de Obama, Jim Messina, em um comunicado. No total, mais de 1,1 milhão doaram dinheiro em apoio ao presidente.

"A chave para reagir contra os interesses especiais dos cheques ilimitados de apoio a Mitt Romney é fazer crescer nossa base de doadores, e nós fizemos isso substancialmente no mês de agosto", disse Messina.

A campanha de Obama orgulha-se de ter uma ampla base de doadores de quantias baixas, a qual se espera que continue doando mais nos próximos meses. Em agosto, a doação média coletada foi de US$ 58 (R$ 117,3 milhões), e 98% das doações foram de US$ 250 (R$ 505,9) ou menos.

"Não vamos comemorar, porque eles vão ter um setembro ainda maior", disse a campanha de Obama através do Twitter. "Mas agora sabemos que podemos alcançá-los, fazendo isso do nosso jeito."

Com Reuters

    Leia tudo sobre: eleição nos euaeuaobamaromneyarrecadaçãorepublicanosdemocratas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG