Criança baleada em 'crime nos Alpes' sai de coma induzido

Zaina, 7 anos, se recupera em hospital enquanto irmã mais nova, Zeena, 4, volta ao Reino Unido; pais das meninas foram assassinados na França

iG São Paulo |

A britânica de origem iraquiana Zaina, 7 anos, baleada nos Alpes franceses – assim como os pais, que morreram –, saiu de coma induzido neste domingo. A irmã mais nova da menina, Zeena, 4 anos, que não ficou ferida no ataque, foi levada ao Reino Unido.

Leia também: Briga familiar por dinheiro pode ter sido causa de crime nos Alpes

AP
Policial coloca flores do lado de fora da casa de britânico assassinado nos Alpes franceses

As duas estavam no carro onde foram encontrados os corpos de seus pais, Saad e Iqbal Al-Hilli, bem como uma mulher idosa não identificada (que pode ser a avó) e um francês que aparentemente foi morto porque passava pelo local no momento do crime.

Zeena passou oito horas em meio aos corpos , paralisada de medo e sem ser notada por policiais. De acordo com o procurador da região de Annecy, Eric Maillaud, a menina voltou para o Reino Unido com dois parentes.

Zaine, que foi baleada no ombro e levou violentos golpes na cabeça, passou por duas operações e, apesar de ter saído do coma, continua sedada e não pode falar com os investigadores. Ela pode ser crucial para explicar o que aconteceu.

Policiais franceses e britânicos revistaram a casa do casal em Claygate, subúrbio de Londres, neste sábado e neste domingo. Não há informações sobre o resultado das buscas.

    Leia tudo sobre: reino unidofrançacrime nos alpes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG