Terremotos deixam ao menos 64 mortos no sudoeste da China

Cerca de 60 abalos secundários são registrados na região, provocando o colapso de milhares de casas

iG São Paulo | - Atualizada às

Uma série de terremotos deixaram ao menos 64 mortos no sudoeste da China nesta sexta-feira, provocando o colapso de milhares de casas e deslizamentos em estradas.

AP
Chineses correm durante deslizamento causado por terremoto

O terremoto mais forte, de 5,7 graus, aconteceu às 11h (hora local) na fronteira entre as províncias de Yunnan e Guizhou. Cerca de 60 abalos secundários foram registrados e, até o momento, mais de 100 mil pessoas foram retiradas de suas casas apenas em Yunnan.

O oeste da China é uma zona com frequente atividade sísmica. Em 2010, um tremor de 7,1 graus na província de Qinghai causou 300 mortes e deixou mais de oito mil feridos.

Foi nesta mesma região, mas na província de Sichuan, que em 2008 ocorreu o terremoto mais grave em mais de três décadas na China, com 88 mil mortos e desaparecidos.

Com EFE

    Leia tudo sobre: chinaterremotomundo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG