Naufrágio de barco com imigrantes ilegais na Turquia deixa 58 mortos

Embarcação que levava cerca de cem passageiros sírios e iraquianos para a Inglaterra afunda no Mar Egeu

iG São Paulo | - Atualizada às

O naufrágio de um barco que levava imigrantes ilegais deixou 58 mortos no Mar Egeu, na costa oeste da Turquia. O barco afundou após colidir com pedras e ao menos 45 foram resgatados com vida ou nadaram até a terra. Dezenas estão desaparecidos.

Leia também:  Sobrevivente de naufrágio ficou quatro dias na água sem colete ou bote

AP
Equipes buscam sobreviventes de naufrágio na costa oeste da Turquia


Entre os mortos há pelo menos nove crianças, de acordo com a agência turca Dogan. O naufrágio acontecer a cerca de 50 metros da terra.

O governador da região de Menderes, Tahsin Kurtbeyoglu, disse à emissora de TV local TRT que a cifra de mortos deve aumentar. Há estimativa que o barco pesqueiro transportava cerca de 100 imigrantes ilegais.

De acordo com os resgatados, pelo menos 52 passageiros estavam em um espaço fechado nas adegas do barco, principalmente mulheres e crianças que tentavam se proteger do frio. Todos os passageiros são de nacionalidade síria ou iraquiana.

Após serem informadas do acidente por sobreviventes, as autoridades turcas lançaram uma operação e detiveram dois cidadãos turcos acusados de embarcar os imigrantes. Segundo os testemunhos dos refugiados, eles pagaram dois organizadores para entrar de forma clandestina na Inglaterra.

Com Reuters e EFE

    Leia tudo sobre: turquianaufrágioimigrantes ilegaisimigração

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG