Polêmica obra narra a operação que resultou na morte do terrorista e foi publicada sem autorização das Forças Armadas dos EUA

Reuters

Capa do livro 'No Easy Day'
Reprodução
Capa do livro 'No Easy Day'

"No Easy Day", polêmico livro em que um ex-militar dos EUA narra a operação que resultou na morte de Osama bin Laden , já ocupa a primeira posição na lista dos mais vendidos no site Amazon.com, desbancando a popularíssima série erótica "Cinquenta Tons de Cinza", que ficou conhecido como "pornô para mamães" .

O livro sobre Bin Laden foi publicado sem autorização das Forças Armadas, o que levou o governo dos EUA a ameaçar um processo judicial contra o seu autor, por violar segredos militares.

A versão em capa dura de "No Easy Day" só estará oficialmente disponível nos EUA a partir da terça-feira (dia 4), mas a lista da Amazon também inclui encomendas.

A autoria do livro foi atribuída a Mark Owen, mas posteriormente se soube que esse é o pseudônimo adotado por Matt Bissonnette, ex-agente do Seal, força especial da Marinha que perseguiu e matou Bin Laden em 2011 no Paquistão.

Bissonnette disse que decidiu escrever o livro para corrigir detalhes da operação que estavam sendo revelados por pessoas do governo. Seu advogado nega que ele tenha violado qualquer cláusula de confidencialidade do seu contrato com a Marinha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.