Livro sobre morte de Bin Laden passa "50 Tons de Cinza" na Amazon

Polêmica obra narra a operação que resultou na morte do terrorista e foi publicada sem autorização das Forças Armadas dos EUA

Reuters |

Reuters

Reprodução
Capa do livro 'No Easy Day'

"No Easy Day", polêmico livro em que um ex-militar dos EUA narra a operação que resultou na morte de Osama bin Laden , já ocupa a primeira posição na lista dos mais vendidos no site Amazon.com, desbancando a popularíssima série erótica "Cinquenta Tons de Cinza", que ficou conhecido como "pornô para mamães" .

O livro sobre Bin Laden foi publicado sem autorização das Forças Armadas, o que levou o governo dos EUA a ameaçar um processo judicial contra o seu autor, por violar segredos militares.

A versão em capa dura de "No Easy Day" só estará oficialmente disponível nos EUA a partir da terça-feira (dia 4), mas a lista da Amazon também inclui encomendas.

A autoria do livro foi atribuída a Mark Owen, mas posteriormente se soube que esse é o pseudônimo adotado por Matt Bissonnette, ex-agente do Seal, força especial da Marinha que perseguiu e matou Bin Laden em 2011 no Paquistão.

Bissonnette disse que decidiu escrever o livro para corrigir detalhes da operação que estavam sendo revelados por pessoas do governo. Seu advogado nega que ele tenha violado qualquer cláusula de confidencialidade do seu contrato com a Marinha.

    Leia tudo sobre: no easy daycinquenta tons de cinzabin ladenliteraturalivro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG