Manifestantes atacaram as autoridades com coquetéis-molotovs, fogos de artifício, pedras e garrafas

Um confronto entre manifestantes católicos e protestantes deixou ao menos 47 policiais feridos em Belfast, na Irlanda do Norte, neste domingo. Segundo as autoridades locais, os dois lados utilizaram coquetéis-molotovs, fogos de artifício, pedras e garrafas durante o choque.

Os ataques iniciais partiram do grupo de protestantes pró-Reino Unido, que saiu às ruas em resposta à marcha organizada pelo grupo católico a favor da separação da Irlanda do Norte. De acordo com o superintendente-chefe da polícia, George Clark, seus homens tentavam separar as facções rivais com canhões d'água quando foram agredidos de maneira "selvagem, terrível e condenável".

A temporada de verão costuma ser turbulenta na Irlanda do Norte, embora grandes confrontos não sejam registrados desde 1998, quando um acordo de paz foi assinado. No dia 12 de julho, mais de 20 policiais também ficaram feridos quando uma marcha protestante foi realizada em frente a uma igreja católica.

Com Reuters

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.