Morre aos 92 anos o reverendo Moon, da Igreja da Unificação

Sul-coreano fundador de uma das maiores comunidades religiosas do mundo estava internado por complicações decorrentes de uma pneumonia

iG São Paulo |

O milionário e líder da Igreja da Unificação, Sun Myung Moon, morreu aos 92 anos neste domingo na Coreia do Sul. Conhecido como reverendo Moon, ele tinha sido hospitalizado no mês passado depois de sofrer complicações em decorrência de uma pneumonia.

Reuters
O reverendo Moon, fundador da Igreja da Unificação, faz um brinde em seu aniversário de 91 anos (08/02/2011)


A seita havia informado na sexta-feira passada que seu fundador sofria de um problema crítico em seus órgãos vitais. Na semana passada, ele foi transferidos do hospital St. Mary, em Seul, para um centro médico pertencente à seita, no leste da capital coreana.

Fundada por Moon em 1954, a Igreja da Unificação é uma das maiores comunidades religiosas do mundo.

O movimento, conhecido por suas cerimônias de casamento que reúnem milhares de casais, afirma que evangeliza em cerca de 200 países e reivindica três milhões de adeptos.

O reverendo Moon já havia deixado o comando diário da operações da igreja, que tem a sua sede em Seul, para um de seus filhos, e a gerência do Tongil Group, com atividades nas áreas de construção, resorts, agências de viagens e um jornal, para outro filho.

Moon teve uma vida pública ativa até recentemente. Em março ele realizou um casamento coletivo para 2,5 mil pessoas e liderou um serviço religioso para mais de 15 mil pessoas em julho.

Com Reuters e AFP


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG