Não há indícios de que os casos, que aconteceram na cidade de Framingham na mesma semana, estejam relacionados

Dois brasileiros foram presos no período de uma semana na cidade americana de Framingham, em Massachusetts, acusados de estuprar menores de idade. Não há indícios de que os dois casos estejam relacionados.

Imagem de Nivaldo Teles em site de jornal americano
Reprodução
Imagem de Nivaldo Teles em site de jornal americano


De acordo com o jornal americano Metro West Daily News, a primeira prisão aconteceu em 23 de agosto. Uma menina de 12 anos disse ter sido estuprada por Nivaldo Teles, 39 anos, em sua casa. Não está claro qual a relação entre eles, que não são parentes.

Segundo o diário, a menina disse que estava dormindo quando Teles entrou em seu quarto, bêbado. Após ser estuprada, ela conseguir trancá-lo no quarto e fugir. Ele recebeu quatro acusações, incluindo estupro e atentado ao pudor.

O advogado do brasileiro, Cornelius Dailei Jr, disse que ele nega as acusações. Teles vive na cidade há quatro anos.

O segundo caso aconteceu na quinta-feira, dia 30, quanto Celio de Oliveira, 35 anos, foi preso acusado de estuprar uma menina menor de idade por um período de dois anos. A idade da suposta vítima não foi divulgada. Segundo o jornal, ambos se conheciam e chegaram a morar na mesma casa.

Ainda de acordo com a publicação, a menina disse ter sido estuprada "inúmeras vezes" entre 2008 e 2010, mas demorou a denunciar o brasileiro, que teria confessado o crime. A advogada de Oliveira, Meryl Kukura, afirmou que ele vive na cidade há oito anos.

Imagem de Celio de Oliveira em site de jornal americano
Reprodução
Imagem de Celio de Oliveira em site de jornal americano


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.