Autoridades de Louisiana ordenaram retirada de residentes em áreas de baixa altitude na região fronteiriça próxima ao Rio Tangipahoa

Apesar de o sistema de defesa contra enchentes de Nova Orleans ter, até agora, resistido bem contra a tempestade tropical Isaac , milhares de moradores do norte e do sul da cidade tiveram de ser retirados ou resgatados com a chegada de ventos fortes e chuva constante.

Saiba mais:  Homem e 4 cachorros são resgatados de telhado após inundação 

Veículo do xerife boia em inundação causada pela Isaac perto do Lago Ponchartrain, no norte de Nova Orleans
AP
Veículo do xerife boia em inundação causada pela Isaac perto do Lago Ponchartrain, no norte de Nova Orleans

A tempestade alagou bairros inteiros na parte rural do Estado de Louisiana, cuja metade ficou sem energia, e também no vizinho Mississippi. A água continua a subir mesmo com a Isaac tendendo ao norte em direção ao vizinho Arkansas.

De acordo com o vice-governador de Louisiana, Jay Dardenne, o nível da água aumentava de forma surpreendentemente rápida. “Todos foram pegos de surpresa”, explicou sobre os moradores.

Nesta quinta-feira, autoridades de Louisiana ordenaram a retirada de moradores de áreas de baixa altitude e regiões pouco povoadas, com a barragem do Rio Tangipahoa correndo risco de romper. Funcionários temiam aumento substancial do nível da água e consequente inundação de áreas perto da fronteira com o Mississippi. Autoridades do Mississippi, no entanto, não acreditam que o volume da água possa ameaçar comunidades na região entorno do rio.

O presidente americano, Barack Obama, declarou estado de emergência em ambos os Estados, segundo um comunicado da Casa Branca, dando aval para liberar ajuda federal para as áreas afetadas.

Leia também:  Nova Orleans ganha obras de infraestrutura contra tempestades

Ao longo das margens do Lago Ponchartrain, no norte de Nova Orleans, foram enviados veículos para ajudar a retirar cerca de 3 mil pessoas, conforme a água invadia casas. Em alguns bairros, a água chegou na altura da cintura de algumas pessoas, e as autoridade trabalham para resgatar aqueles que ficaram presos em suas casas.

A Isaac chega a Nova Orleans sete anos depois da devastação do furacão Katrina, passando pelo oeste da cidade, onde o novo sistema contra enchentes, que custou mais de uS$ 14 bilhões, lidou com a tempestade. Áreas em altitudes baixas ao redor da cidade, no entanto, foram inundadas.

*Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.