Segundo comunicado da presidência, Rahmatullah Nabil será em breve nomeado embaixador em país estrangeiros

EFE

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, destituiu o chefe do serviço secreto do país, Rahmatullah Nabil.

Em comunicado, o escritório do chefe do Estado detalha que Karzai agradeceu a Nabil pelos serviços prestados à frente do Diretório de Segurança Nacional, e que a decisão inscreve-se na vontade do presidente de que ninguém ocupe esse cargo por "mais de dois anos".

Decisão, segundo versão oficial, é vontade do presidente de que ninguém ocupe o cargo por mais de dois anos (foto de arquivo)
AP
Decisão, segundo versão oficial, é vontade do presidente de que ninguém ocupe o cargo por mais de dois anos (foto de arquivo)

Nabil, que exercia como chefe dos serviços de inteligência afegãos desde 2010, será nomeado em breve "embaixador em um país estrangeiro", segundo o documento.

Leia também:  Jovens são decapitados por participar de ‘festa mista’ no Afeganistão

Segundo a imprensa afegã, o substituto de Nabil na chefia do serviço secreto pode ser Asadullah Khalid, ex-governador da conflituosa província de Kandahar e atual ministro de Assuntos Tribais e Fronteiriços.

No início deste mês, o Parlamento afegão destituiu os titulares das pastas de Defesa e Interior, e espera-se que seus substitutos sejam nomeados nos próximos dias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.