Após sucesso de mulher de Romney, vice é destaque da convenção republicana

Em discurso de nomeação nesta quarta-feira, Paul Ryan tentará ser tão bem-sucedido quanto Ann Romney, que falou sobre 'lado humano' do candidato

iG São Paulo |

O candidato republicano à vice-presidente dos Estados Unidos, Paul Ryan , fará nesta quarta-feira o mais importante discurso de sua carreira política, durante uma cerimônia na Convenção Nacional Republicana na qual aceitará fazer parte da chapa de Mitt Romney .

O discurso de Ryan é altamente aguardado depois de a mulher de Romney, Ann, ter chamado a atenção na noite de terça-feira, ao subir ao palco para falar sobre "o lado humano" do candidato.

Leia também:  Romney é oficialmente nomeado candidato do Partido Republicano

AP
Mitt Romney abraça a mulher, Ann, após o discurso dela na convenção do Partido Republicano em Tampa,na Flórida (28/08)

"Vocês podem confiar em Mitt", disse Ann Romney, que também tentou combater a ideia de que seu marido é rico demais para estar ciente dos problemas dos americanos comuns. Ao falar sobre os primeiros anos de seu relacionamento com o marido, ela contou que nos tempos da faculdade eles faziam refeições baratas com macarrão e atum.

Ann também tentou apelar às mulheres, que de acordo com as pesquisas dão mais apoio a Obama do que a Romney. "São as mães que sempre têm de trabalhar um pouco mais duro para que tudo saia certo", afirmou.

Agora, a bola está com Ryan, um político de 42 anos cuja indicação deu nova energia aos partidários de Romney, principalmente da ala conservadora.

Nesta quarta-feira, Ryan tem a oportunidade de se apresentar a milhões de americanos que apenas agora começam a prestar atenção na corrida presidencial, faltando 70 dias para a votação.

Uma pesquisa da Reuters/Ipsos na terça-feira mostrou que Ryan tem a aprovação de 50% dos eleitores e desaprovação dos demais 50%.

Enquanto isso, o fucarão Isaac, que avança pelos Estados de Louisiana e Mississipi, ameaça estragar a festa republicana.

A tempestade deixou a área de Tampa, na Flórida, onde a convenção é realizada, mas provocou um certo tom de comedimento no evento, já que os delegados presentes procuraram não demonstrar muito entusiasmo num momento em que americanos de outras regiões estão sofrendo.

Com Reuters

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG